yar-har-fiddle-dee-dee, being a pirate is all right with me!

May 20, 2007

Todo mundo deve ter visto isto solto pela net esses dias. Ótimo, vamos creditar.

A música é do Lazytown, e me levou menos de um minuto pra baixar (no Limewire mesmo). Acho que faz de mim uma pirata fajuta – but still a pirate. Mais ou menos com orgulho:

Há algum tempo postei aqui sobre o rbally, cheio dos bootlegs mais legais do mundo, de quem a Matador foi encher o saco. Ainda assim, o autor meio que se desculpou e “expressou os sentimentos” de uma galera que compartilha tudo sem nem pensar o que isso significa (não que precise, exatamente): não queremos fazer mal a ninguém. O negócio funciona mais ou menos como mostrar aos seus amigos um show no qual você foi e achou legal sem ter que perguntar pra todas as “instâncias” entre você e o artista se podia.

Pergunta a sério: quantas das suas músicas favoritas você ouviu serem tocadas ao vivo, pelo artista que “fez”? Quantas pelo CD original? Imaginem só: você trabalha pra tal pessoa e seu salário depende de quanto ela é conhecida. Quanto dele depende de venda de CD original, bloqueado? E se você condena todo e qualquer tipo de pirataria, ponto final, sem discussão – vive sem ela completamente? Bah, viu. Fatos: faz algum tempo recebi um Cat Power quase inteiro e um Camille inteiro mesmo, mp3. Gostei tanto que começou a subir horrores no last.fm. No mês seguinte, a pessoa me envia o The Covers Record. Original. No seguinte ainda, eu quero presentear meu professor de inglês, e espero que o Le fil esteja gasto, até. Se eu (nem as pessoas tão lindas que me enviam coisas novas) fosse ter que pagar por cada mp3, iria me restringir horrores. Se não houvesse a pirataria então… pff. Eu provavelmente estaria em casa com um Lulu Santos e presentearia com um Malhação. Apa!

Relações imediatas na cabeça: Napster (e o papelão Metallica), Audiogalaxy (RIP), TAZ (one-day-reading do mês), compartilhamento e Creative Commons.

(uso Limewire por preguiça de ir atrás de torrents. *sigh*, de novo.)

Advertisements

4 Responses to “yar-har-fiddle-dee-dee, being a pirate is all right with me!”

  1. deh Says:

    torrents fáceis fáceis, tem quase tudo, até artistas brasileiros (já encontrei zé ramalho e roupa nova): mininova.org

    e cd original? meu último foi em 2005 pq estava naquelas promoções de hipermercados (R$15 por B&S).

  2. Thayse Says:

    meus últimos cd’s originais foram os que eu adquiri com os milhares de “vale-presente”s de lojas de música que ganhei de aniversário de 15 anos.
    Deu pra uns 6 CDS, eu lembro.

    Mas mp3 é tão lindo e fácil e… free.

    limewire já me cansou, orkut é mais mais nessas horas “Discografias” é uma maravilha.
    Mas na hora do desespero é torrent, só alegria.
    pra mim: isohunt.com

    cruz’cré’, falei demais.

    :*

  3. Thayse Says:

    não falei não, foi só impressão.

  4. mari Says:

    achei que um dia te ia ver de longe. bonita assim.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: