resoluções do ano novo (que passou)

January 2, 2007

Na agenda mais bagunçada e cheia dos últimos anos, domingo, 1 janeiro de 2006, consta:


2006 vai ser para

terminar MAC (e atingir nível satisfatório)
*Terminei. Claro, como não? E ainda fiz o CAE, e devo ter passado.  Yay.
terminar WebDesign/Editoração
*Comecei bonitinho, mãs..
começar estágio (mesmo que não remunerado) na área
*..consegui estágio na facul mesmo, e parei com tudo.
ter todos os cursos da facul com média acima de 8
*Não, mas quase. 7,3 em “Física Experimental”. Com a porcaria do trabalho final, achei até bom.
correr 5km (e não ficar por último)
*Pff…
fazer kung fu/yoga/aikido
*Pff de novo, e maior ainda!
ir ao seminário do Doshu
*Último e com maior fôlego: pff!

estudar semiótica/história/história da arte/história da dança
*Quase.
ler, no mínimo, 30 livros decentes
*Não. Talvez o volume de artigos pra trabalhos, de pesquisa, seja equivalente.. mas são outros 500
ir a, no mínimo, 2 shows pesados
*N-ã-o. 50%
desenvolver 2 bons quadrinhos
*Tive milhões de boas idéias.. e não fiz nada
descobrir 3 bandas-para-a-vida-toda (e ter cds)
*Yea, baby. Daí pra mais, fácil fácil. Yay de novo.
encontrar pelo menos metade dos cds emprestados (e pedí-los de volta)
*Nope. Em maioria, faltam trilhas sonoras e artistas brasileiros (é o caso de emprestar pra parentes), e nada deles.

ir para o japão e trabalhar no mínimo 1 turno inteiro
*Nope. Menos dinheiro, mas trabalho aqui mesmo.
poupar para viagem (joinville)/formatura/apato próprio
 *É dinheiro não-nomeado, mãs.. yep.
ter dobrado os investimentos até outubro
*Tenho um guarda-roupa mais decente, acho que… bah

“Só”. Acho que foi a primeira vez que listei coisas mais ou menos próximas, bem definidinhas e tal. Dos quatro “grupos” de resoluções, o “esportes e afins” foi o que se deu pior. Paro de ver o Taiko, de praticar qualquer coisa, e, quando a coisa aperta, aproveito pra dormir algumas horinhas a mais em vez de acordar pra correr. Sobre os cursos e estágios e facul, “formação acadêmica”, eu deveria prever que manter boas notas na facul e estagiar toma tempo o bastante pra influenciar o andamento de todo o resto da lista. Sub_estimated. Dá pra notar também que era a época de encanto com os grupos de dança que andavam se apresentando pelas imediações. Viagem pra Joinville, estudar história e tal…fogo de palha. Acho lindomaravilhoso, mas assim como a semiótica ali no meio, são partes mais ou menos periféricas, mesmo que afins, do que quero fazer de verdade.
É de se esperar ter ficado satisfeita com as coisas todas, considerando aprender que o dia tem só 24h. Não que adiante muito, seja 100% effective – porque depois do inglês os planos de línguas já se multiplicam, as requerências materiais idem, a vontade de concretizar muitas idéias, de procurar uma justificativa, de saber mais sobre tudo…pff. Parece que vou ter que cobrir outros planos não-realizados com os créditos de “descobrir boas bandas” e afins. Yep.

(Penso agora: azar o meu não ter especulado sobre as pessoas… que os créditos cobririam falhas de uns bons anos por vir. Yay, pessoas que convivem comigo.)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: